SOL

A alimentação dos Tupi-guaranis

Publicação: 16 Fevereiro 07 01:40 | bandeirante 

Com o objectivo de tornar possível a ingestão da raíz da mandioca amarga, os Tupi-guaranis tinham que eliminar o  ácido cianídrico. A mandioca doce (aipim) era normalmente comida depois de descascada e assada nas brasas. Esta tribo preferia o milho cozido ou assado e o grão maduro e inteiro.

O peixe era comido fresco depois de cozido em água ou então cozinhado numa grelha  feita em varas de madeira verde (moquém).

A carne era grelhada, excepto a da anta que era cozida.

A bebida confeccionada era o cauim que era feito com milho, aipim, batata-doce e ceiva de palmeiras e de frutas, nomeadamente a ananás e cajú. Quem fazia esta bebida eram as raparigas que após a cozedura, mastigavam-na, desencadeando, através da saliva, o processo de fermentação. Esta bebida era servida morna.

A dieta alimentar dos Tupi-guaranis era feita essencialmente através de frutas como o maracujá, cajá, mangaba, araça , frutos silvestres e insectos, por exemplo larvas, gafanhotos, abelhas e as formigas.

Arquivado em:

Comentários

# meiadeleite said on Fevereiro 16, 2007 15:45:

Aipim frito, hmmm. Já quanto aos insectos...

Muito bem-vindo ao SOL! Gosto do tema.

meiadeleite

Para comentar necessita de estar registado

About bandeirante

A casa e o seu autor são comilões até mais não. E gostam.