SOL

HistóriGeo

Vila Nova de Famalicão
Festas e Romarias do Minho - Portugal

Concelho de Famalicão 

 Festa em Santiago de Antas

   http://emsc.wordpress.com

Devo dizer que existiam em Famalicão várias actividades culturais, como festas populares, romarias, bailes, espectáculos teatrais e outros. A maioria da população só tinha as festas populares, as feiras e romarias para ocupar o seu tempo de lazer. Quem tivesse mais possibilidades financeiras, para além das festas tinha também espectáculos teatrais, as termas e as praias - Póvoa de Varzim e Vila do Conde.

Destas actividades culturais vou mencionar cada uma delas individualmente.

Começo pelas festas e romarias populares.

As grandes romarias do concelho de Famalicão no início do século XX ainda existem nos dias de hoje.

A primeira romaria do ano é a Senhora das Candeias, na freguesia de Landim, esta festa celebra-se a 2 de Fevereiro. Sobre esta grande romaria vou citar uma pequena notícia vinda no jornal «Estrella do Minho», e que diz:

"Vai-se realizar na bonita freguesia de Landim, ... a popular romaria da Senhora das Candeias, a que concorre sempre crescido numero de pessoas do nosso concelho (Famalicão) e do de Santo Thyrso" (1).

Outra grande romaria é a do Senhor do Santo Monte na freguesia do Louro, que fica relativamente perto de Famalicão. Esta romaria realiza-se no Domingo de Pascoela, e "é realizada no pitoresco lugar do Monte do Louro, à qual concorre sempre grande número de pessoas..."(2), pessoas essas que iam de Famalicão e de várias freguesias vizinhas do Louro.

A 16 de Julho realiza-se a grande romaria da Senhora do Carmo na freguesia de Lemenhe, esta é actualmente uma das grandes romarias do concelho, como há cem anos atrás o jornal traz uma nota sobre esta romaria, assim de como todas as festas do concelho.

A 25 de Julho, o Senhor dos Aflitos, em S. Tiago da Cruz é também considerada uma das cinco grandes romarias do concelho de Famalicão.

Passo a citar notícias do início do século XX que falam da romaria do Senhor dos Aflitos:

"Teve lugar na Quinta e Sexta-feira passada a popular romaria do senhor dos Aflitos, no pitoresco monte de S. Tiago da Cruz e uma das mais importantes do nosso concelho. Como de costume afluiu ali muita gente do nosso concelho e dos vizinhos..."(3).

Acerca desta romaria devo ainda referir alguns pormenores. "São bem typicos do nosso Minho encantador, aqueles descantes à desgarrada... Guapas raparigas saracoteiam donairosas as danças características...Este ano (na romaria do Senhor dos Aflitos) temos... para mais chamariz, o fogo pirotécnico de Viana de efeitos deslumbrantes"(4). É sem dúvida pela descrição feita, uma bela romaria.

Para terminar as grandes romarias do concelho devo referir a romaria nova em Lousado (5), romaria esta existente ainda hoje.

Para além destas romarias havia ainda muitas festas populares, em todo o concelho, como exemplo; Festa a S. Marçal em Esmeriz, Festa a Santa Catarina no Monte do Facho - Calendário, festas estas ainda existentes hoje.

As romarias eram por excelência o grande divertimento para a população em geral, a qual se divertia e repousava de um ano cheio de trabalho, trabalho agrícola essencialmente.

O jornal semanário «Estrella do Minho» refere-nos isto mesmo dizendo que, "com o mês de Junho chegamos à efervescência das festas por toda a parte, domingos a seguir, casando-se a alegria do povo, o estalejar dos foguetes, o ri bombo dos morteiros, repiques alegres dos sinos, com o chilreio dos passarinhos e da vegetação, inebriando-nos no seu tapete de verdura pelos horizontes sem fim" (6).

"Tudo está em festa, convidando ao abandono das cidades e ir para o campo e praias beber o ar puríssimo, contemplar o eternamente inédito por mais que se contemple, o campo e o mar" (7).

Devo salientar que o festejo popular ao qual afluíam mais pessoas, pois era uma das maiores festas da região minhota, era o das festas Antoninas de Famalicão, eram e são hoje uma das maiores festas do Minho.

Segundo notícias de 1906, soube que pela altura das festas de Santo António eram distribuídos por todo o país, os programas das festas. "Todas as vias-férreas da província oferecem comboios extraordinários a preços muito reduzidos" (8).

 

 www.ecfamalic.blogspot.com

_____________________

(1) in Estrella do Minho - 1/Fev/1903, "Senhora das Candeias"p1

(2) Idem...  12/Abr/1903, "Santo Monte"

(3) Idem ... 27/Jul./1902, " Senhor dos Aflictos"

(4) in Estrella do Minho -  Famalicão, 19/Jul/1903, "Senhor dos Aflictos", p. 3.

(5) Freguesia do Concelho de Famalicão.

(6) in Estrella do Minho - Famalicão - 16/Jun/1901, "Festas" p.2.

(7) Idem , ... 16/Jun/1901.

(8) Idem , ... 06/Mai/1906, "Festas Antoninas" p1.

CARNEIRO, Eduardo Manuel Santos (1997) -"Actividades Sócio-Culturais, Comerciais e Personalidades de V. N. Famalicão no início do século XX", Boletim Cultural nº 14(C.M. Famalicão), V. N. Famalicão.

By http://historigeo.blog.com

Posted: segunda-feira, 24 de Novembro de 2008 11:52 por historiaportugal
Arquivado em:

Comentários

AlfredoRamosAnciaes said:

As festas e romarias fazem parte do âmago cultural e social das populações. Mudam algumas formas de as viver, tais como os grupos e bandas musicais, extingem-se alguns hábitos de rivalidades e ajustes de contas entre aldeias, vilas e concelhos. Em boa parte os andores já são puxados po tratores mas mantem-se o ambiente festivo. Ninguém abdica da festa, dos comes e bebes e da animação. Faz parte da comunhão de valores, da partilha de alegria, do pagamento de promessas, do renovar de ciclo e do despojamento de problemas e canseiras anuais através de momentos de folga, lazer e desprendimento. Este ano em Agosto faleceu um conterrâneo da minha aldeia que tinha por hábito ir às festas vizinhas e ali ao fim do dia ainda contratava as bandas música para irem dar uma volta ao povo da minha aldeia.

Imagine a "loucura" deste Homem e de um povo que na sua totalidade recebiam estas bandas de música noite dentro depois de terem actuado noutras localidades. Era a festa deslumbramento, o reviver por instantes o ambiente festivo agarrado, como que "roubado" à aldeia ou vila vizinha.

Cumprimentos com votos de óptima semana,

fred    

# Novembro 25, 2008 1:35

OlindaGil said:

Olá Eduardo

Gostei desta divulgação das festas e romarias da tua zona. Assim podemos programar umas visitas de acordo com as tuas informações.

Beijinhos

# Novembro 25, 2008 22:38

HelderFraguas said:

Interessante saber como o principal meio de transporte colectivo se associava às festividades

# Dezembro 2, 2008 9:50

historiaportugal said:

Caro Alfredo

Obrigado pela visita ao blog e comentário ao post.

EduardoCarneiro

# Dezembro 3, 2008 10:53

historiaportugal said:

Caro Helder

Realmente havia comboios especiais para transportar passageiros para as festas, neste caso as Antoninas em Famalicão...

Cumprimentos

Eduardo Santos Carneiro

# Dezembro 3, 2008 20:47

historiaportugal said:

Caro Helder

Realmente havia comboios especiais para transportar passageiros para as festas, neste caso as Antoninas em Famalicão...

Cumprimentos

Eduardo Santos Carneiro

# Dezembro 3, 2008 20:47

historiaportugal said:

Olinda

Agradeço a visita ao blog e comentário ao post.

Bom fim de semana

EC

# Dezembro 13, 2008 12:38

historiaportugal said:

Olinda

Agradeço a visita ao blog e comentário ao post.

Bom fim de semana

EC

# Dezembro 13, 2008 12:38

OlindaGil said:

Olá Eduardo

Voltei para desejar um Santo Natal a toda a vossa família.

Beijinhos

# Dezembro 20, 2008 13:08

laranjeira said:

Olá Eduardo.

Agradeço e retribuo os votos de um Santo Natal, com muita saúde e Paz, extensível à Família.

Beijinho

laranjinha

# Dezembro 24, 2008 10:32

antoniogamito said:

OI,AMIGO

EXCELENTE ANO 2009

ANTONIO

# Dezembro 26, 2008 16:01

meninosdocoro said:

Bom Ano 2009 para ti, História. Gostámos da tua visitinha e da maneira como contas as festas religiosas. E são muitas. Nós não temos romarias. Quer dizer, os mais novos fazem uma romaria ao Asterix (um bar) todos os fins de semana, mas isso não conta, é só um lugar de encontro do people.

Um abraço

# Janeiro 3, 2009 11:47

historiaportugal said:

É sempre bom contar com as vossas visitas:

-OlindaGil;

-Laranjinha;

-António Gamito.

Um Excelente ano 2009

Eduardo

# Janeiro 4, 2009 19:48

historiaportugal said:

É sempre bom contar com as vossas visitas:

-OlindaGil;

-Laranjinha;

-António Gamito.

Um Excelente ano 2009

Eduardo

# Janeiro 4, 2009 19:48

historiaportugal said:

Meninos

Agradeço o vosso comentário, também não sou frequentador de romarias populares, mas achei interessante falar um pouco das festas do "nosso" povo... e...

Cumprimentos

EduardoCarneiro

# Janeiro 4, 2009 19:52

Tordesilhas said:

Gostei.

Muito interessante.

Um abraço,

Manuel Peralta

# Janeiro 18, 2009 13:57

historiaportugal said:

Caro Manuel

Grato pelo comentário...

Mais informações sobre Santiago de Antas, consultar:

http://emsc.wordpress.com/

Cumprimentos

Eduardo Santos Carneiro

# Março 8, 2009 17:32

historiaportugal said:

Caro Manuel

Grato pelo comentário...

Mais informações sobre Santiago de Antas, consultar:

http://emsc.wordpress.com/

Cumprimentos

Eduardo Santos Carneiro

# Março 8, 2009 17:32

historiaportugal said:

Agradeço todas as visitas a este post, atingiu já as 2000.

Muito obrigado

Eduardo Santos Carneiro

# Julho 8, 2010 10:37
Para comentar necessita de estar registado